Missão

Inspirar, promover bem-estar e felicidade, orientar e criar valor na vida das pessoas.  
 

Visão

Ser uma referência no que respeita ao estudo/formação oracular, assim como à orientação com oráculos de forma construtiva e de valor.
 

Valores

Confiança, construção, crescimento, versatilidade, formação, orientação, desenvolvimento pessoal, valor, valorização, formação.
 

Ética e Confidencialidade

O atendimento realizado pauta-se por uma atitude comprometida com o consulente, no respeito pelo seu sistema de valores, pela forma como vê e age no mundo; enquanto indivíduo único, encarado de forma holística.

 

Todos os atendimentos são confidenciais, o respeito e o compromisso com a confiança, respeitando que tudo o que é dito em contexto de atendimento, fica nesse mesmo espaço.

 

Compreende-se, assim, que o nosso compromisso é com o desenvolvimento pessoal, e é este tipo de atendimento que oferecemos, sendo que casa lâmina é um arquétipo que é utilizado como desbloqueador. Pelo que cada consulta é única e comprometida com o indivíduo.

 

Desta forma, não é realizado qualquer tipo de ritual, ou qualquer tipo de magia. Este não é o tipo de abordagem utilizado.

Política dos Atendimentos

  • Confidencialidade e sigilo

  • Respeito pelos valores e crenças individuais

  • Não induzir dependência às consultas, alertando para a responsabilidade individual no uso do livre-arbítrio

  • Ser factual, verdadeiro e cauteloso nas palavras e acções. Impedir que as suas emoções e opiniões pessoais interfiram na leitura

  • É de conhecimento, prévio, o valor de troca da consulta, duração, tipo, número de questões….

  • Não elaborar diagnósticos de saúde, aconselhando um profissional de saúde

  • Consultas a menores apenas com a presença ou consentimento dos tutores legais

  • Respeitar a privacidade de terceiros evitando questões relativas a outros

  • Não responder a questões repetidas

  • Recusar a consulta a quem se apresente visivelmente alterado

  • Não utilizar informações obtidas em consulta para beneficio próprio

  • Condições em ambiente recolhido

 

--

Deverá, ainda, ter em conta :

  • Não se fazem, sob nenhum pretexto, trabalhos de magia

  • Não se receitam medicamentos, ervas ou rituais

  • Não se resolvem os problemas, mas orienta-se

  • Não se adivinha o futuro, mas mostram-se probabilidades / possibilidades

  • Não se incorporam espíritos

  • Não se pregam crenças ou religiões

  • Não nos responsabilizamos pelo desfecho da situação

  • Não se misturam terapêuticas

  • Não se comenta o trabalho de outros colegas

  • Não se alimentam esperanças de acordo com a vontade do cliente

  • Não se usa linguagem e/ou comportamento impróprios ou obsceno

Os atendimentos são terapêuticos, pelo que, sobretudo no caso dos oráculos, deverá perceber bem a diferença entre o Terapêutico e a Adivinhação (que não é realizada):

Devemos entender as limitações que pressupõe o acto de adivinhar o futuro, o irrealismo que isso pressupõe. Para adivinharmos algo em relação ao futuro, de forma determinista:

 

- primeiro, estamos a pressupor que tudo está pré-determinado e que o livre-arbítrio não nos assiste, o que é altamente limitativo

- segundo, limita-nos na medida em que nos diz que não valerá a pena esforçarmo-nos para atingir seja o que for, porque tudo está determinado

- terceiro, limita-nos na nossa criatividade e nas nossas ambições, afinal está tudo escrito, e só temos de cumprir o destino

- quarto, acreditamos na infalibilidade na interpretação do futuro da pessoa que temos à nossa frente, qual deus do Olimpo

 

Assim, percebemos facilmente que não é ético, nem para com o nosso cliente nem para connosco mesmos. Acima de tudo devemos manter uma atitude realista em relação ao nosso trabalho não alimentar fantasias, nem em nós nem no nosso cliente. Pelo que qualquer crença, qualquer atitude mais limitativa deve ser bem pensada.

 

Com isto, percebemos que faz muito mais sentido adoptar uma postura terapêutica, que não limita e abre horizontes, que passa para a mão do nosso cliente a Chave que abre a sua realização, que o capacita e empodera.

 

- Estamos a dizer ao nosso cliente que pode tudo, que tudo está ao seu alcance

- Estamos a dizer ao nosso cliente que a sua realização depende dele mesmo, que é capaz de se libertar de amarras e de limitações, julgamentos, e realizar o que pretende

- conseguimos orientar sem limitar, conseguimos orientar no sentido do crescimento pessoal